CONGRESSO DA JUADAT

#JUADAT2017 | Peço oração dos meus amigos em favor deste Congresso: que os nossos jovens sejam impactados pelo doce Espírito e, como consequência natural, compartilhem a poderosa Palavra…

SE MEU POVO ORAR

EXPRESSÃO VOCAL | A oração é uma das condições fundamentais para o agir de Deus no meio do seu povo. Logo, a equação se fecha da seguinte forma: se nós orarmos, Deus age!

AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO

OSIEL GOMES | Neste livro, o autor procura demonstrar o conflito que há entre as obras da carne versus o fruto do Espírito. Ao contrapor a Alegria com a Inveja, a Paciência com as Dissensões, a Benignidade com a Porfia e assim por diante, Osiel Gomes nos mostra a superioridade do fruto do Espírito e como viver uma vida de frutificação…

CINCO QUALIDADES DO LÁPIS

COLOMBO-PR | Palestra que ministrei na condição de Psicólogo aos Pedagogos e Professores na cidade metropolitana de Colombo, a convite da minha amiga e Pedagoga Fátima Pacheco…

O DEUS DE TODA PROVISÃO

ELIENAI CABRAL | Não há crises em que Deus não possa interferir e mudar a situação! Ele é o Deus de toda provisão. A Bíblia narra histórias de homens e mulheres que enfrentaram crises físicas, materiais, morais e espirituais, porém foram alcançados pela providência divina, que interferiu nessas situações e as transformou em vitórias espirituais…

EU SEI QUE DÓI

SAMUEL MARIANO | Às vezes é necessário doer para termos noção exata do tamanho do amor e cuidado de Deus para cada um de nós. Música profundamente tocante…

AS CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES

GIOVANNI FILORAMO & CARLO PRANDI | Hoje assistimos, nas mais diferentes disciplinas, a um processo crescente de especialização, resultado da fragmentação da pesquisa, impensável há poucos anos. Para contrabalançar esse movimento centrífugo, fez-se presente a exigência de estudos que reproponham o problema do sentido e da globalidade dos processos de pesquisa, que formam, com suas especializações e seus métodos, os diferentes campos disciplinares…

TRATAMENTO GRATUITO A PESSOAS COM DEPRESSÃO EM CURITIBA

GAZETA DO POVO | O estudo com a Ketamina (escetamina) está sendo realizado em centros de pesquisa ao redor do mundo, além de Curitiba, e tem como objetivo tratar pessoas portadoras de depressão refratária

Pacientes que fazem tratamentos para a depressão e não percebem o alívio completo dos sintomas podem ter chance de melhorar graças a um novo medicamento produzido a partir da Ketamina. Para isso, os interessados devem procurar o Centro de Pesquisas Trial Tech, em Curitiba, que realizará testes com a substância para verificar possíveis impactos e benefícios à população. A participação no estudo é gratuita e o tempo de duração pode variar de acordo com a resposta do paciente. Em média, o tratamento leva um ano.

O estudo com a Ketamina (escetamina) está sendo realizado em centros de pesquisa ao redor do mundo, além de Curitiba, e tem como objetivo tratar pessoas portadoras de depressão refratária. O distúrbio ocorre em 30% dos pacientes que já realizam tratamentos para a depressão.

No mundo todo, mais de 121 milhões de pessoas sofrem com a doença e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2030 a depressão poderá ser a patologia mais comum no planeta.

Bastante utilizado em procedimentos anestésicos, o composto químico Ketamina tem apresentado evidências de boa resposta e segurança no tratamento de quadros depressivos refratários em estudos iniciais. “A Ketamina é bem diferente dos antidepressivos convencionais. Ela melhora a transmissão das redes neuronais de uma das principais substâncias excitatórias do cérebro, o glutamato. É como se ela fosse um dispositivo que tornasse mais estáveis as conexões de uma rede de energia”, explica Luiz Fernando Petry, psiquiatra e um dos especialistas à frente do estudo conduzido pela Trial Tech. Durante o tratamento, o remédio é aplicado via intra-nasal, ou seja, através de spray nas narinas. Desse modo, a substância é melhor absorvida pelo organismo.

A pesquisa foi iniciada em agosto do ano passado e atualmente está na fase 3, em que a medicação já tem eficácia comprovada e passou por um estudo de segurança. Agora, os testes servirão para validar estatisticamente o tratamento com a substância.

De acordo com o especialista, muitos pacientes têm mostrado respostas drasticamente rápidas ao tratamento. “Alguns pacientes deprimidos há anos tiveram uma melhora considerável em poucas semanas”, diz Petry.

Para saber mais sobre a pesquisa e como participar, é necessário entrar em contato com a Trial Tech pelos telefones (41) 3013-1235 e (41) 9206-1583, pela página da empresa no Facebook ou no email contato@trialtech.com.br.