MAIS DE 200 MILHÕES DE CRISTÃOS SÃO PERSEGUIDOS NO MUNDO

ULTIMATO | A Portas Abertas acompanha a perseguição de cristãos desde a década de 1970. A Lista Mundial da Perseguição, divulgada todos os anos, é uma das principais ferramentas para rastrear e medir a extensão da perseguição cristã no mundo.

Auditada independentemente pelo Instituto Internacional de Liberdade Religiosa (IIRF), a única instituição com acadêmicos dedicados a estudar a liberdade religiosa dos cristãos, a lista avalia a liberdade que um cristão tem para praticar a fé nas cinco esferas da vida:

– Individualidade: A pessoa não é livre para escolher qual religião quer seguir, orar a Deus dentro de casa ou num lugar público. Ter a Bíblia e outros livros cristãos também é proibido. Não há liberdade para expressar a fé.

– Família: A perseguição vem por meio de parentes que insistem que o cristão volte à antiga fé. O convertido é proibido de praticar a fé cristã em casa e enfrenta problemas em assuntos civis como casamento, batismo, enterro de familiares, criação de filhos, divórcio e direitos de herança.

– Comunidade: O cristão sofre pressão por meio de atitudes preconceituosas, leis, sequestro, casamento forçado, dificuldade de acessar recursos comunitários e de saúde, pressão para renunciar a fé, discriminação no trabalho, desvantagens na educação, intimações à delegacia, multas etc.

– Nação: Quando não há leis que garantam a liberdade de culto e de prática da fé. Evangelizar é considerado um crime e, em casos mais extremos, se converter também. O cristão enfrenta acusações de blasfêmia, problemas para tirar o passaporte, se reunir com cristãos, expressar a opinião publicamente, entre outros.

– Igreja: Há impedimentos para registrar e construir igrejas e realizar atividades comunitárias, como culto, reunião de oração, batismo, aula bíblica etc. É comum o confisco e monitoramento de materiais religiosos e de treinamentos bíblicos.

SANGUE, SOFRIMENTO E FÉ

Em muitos casos a violência pode não ser a forma predominante e mais invasiva de perseguição; a opressão pode ter um efeito ainda mais devastador. Isso explica porque não necessariamente quanto maior a violência física contra os cristãos, maior é a perseguição.

Mais de 200 milhões de cristãos sofrem perseguição no mundo. Por iniciativa da Portas Abertas, para conscientizar e motivar a igreja brasileira a agir sobre esta situação, o dia 27 de maio de 2018 será marcado como o Domingo da Igreja Perseguida. Saiba mais aqui.

TOP 10

Os dez primeiros países que compõem a Lista Mundial da Perseguição são:

1º Coreia do Norte
2º Afeganistão
3º Somália
4º Sudão
5º Paquistão
6º Eritreia
7º Líbia
8º Iraque
9º Iêmen
10º Irã

Além desses, dois países da América Latina ainda estão na Lista 2018: México (39º) e Colômbia (49º).

Confira o vídeo da Portas Abertas sobre a Lista Mundial da Perseguição de 2018:

Compartilhe leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *